Buscar
  • Gabriela Siqueira

Qual é a relação entre a Odontopediatria, a Ortopedia e a Ortodontia?

Atualizado: Ago 2




A Odontopediatria, a Ortopedia e a Ortodontia são três Especialidades Odontológicas que se complementam na prevenção, diagnóstico e tratamento das alterações do crescimento e desenvolvimento craniofacial. A primeira avaliação ortodôntica deve ser feita na fase da dentição decídua, dos chamados dentes “de leite”, pois, nesta época, teremos a oportunidade única de detectar e corrigir alterações funcionais, como as mordidas abertas e cruzadas e impedir o agravamento do quadro. Um levíssimo desgaste dentário, absolutamente indolor, ou o acréscimo de resina usada para restaurações nas superfícies dentárias são alternativas de tratamento para pacientes de 2 a 5 anos de idade. Quando uma alteração na oclusão está presente, esperar é sempre a pior escolha, e pode complicar e encarecer desnecessariamente o tratamento corretivo na infância ou na adolescência. O diagnóstico das maloclusões é de exclusiva competência do profissional habilitado para tal, e envolve o exame clínico minucioso do paciente, história médica completa, dados obtidos através do diagnóstico por imagens 2D ou 3D e análise dos modelos de estudo, para que seja possível elaborar um plano de tratamento adequado que proporcione ao paciente bons resultados funcionais e estéticos, no menor tempo possível. O conhecimento e a experiência do profissional são os fatores determinantes para relacionar e interpretar todas as informações obtidas nos exames e optar entre os tratamentos possíveis. Na fase da dentição mista, quando os primeiros dentes permanentes começam a aparecer e observamos a necessidade de tratamento, é comum indicarmos aparelhos removíveis, embora seja adotado, cada vez mais, o “protocolo de dentição mista” com o uso de aparelhos a partir dos 8 ou 9 anos.

O tratamento corretivo com aparelhos fixos em adolescentes e adultos conta, basicamente, com os aparelhos convencionais, aparelhos autoligados, tanto metálicos quanto estéticos e atualmente os aparelhos invisíveis.

Ambos os tratamentos devem ser realizados por dentistas capacitados e responsáveis, o correto diagnóstico e o planejamento estão diretamente ligados ao sucesso do caso.


A Ortodontia Moderna trabalha em colaboração com todas as Especialidades Odontológicas e proporciona, além da satisfação de um belo sorriso, a saúde e o equilíbrio de todo o Sistema Estomatognático, composto pelos ossos, músculos, nervos, articulação temporomandibular e as demais estruturas anatômicas que compõem o crânio e a face.



Quer saber mais? Tem alguma dúvida?

Entre em contato com nossa equipe, nós iremos te ajudar!





0 visualização0 comentário